www.engenharia-brasil.com
Baumer

Escolher sem sofrimento - Encoder rotativo HeavyDuty para guinchos e guindastes

A Baumer Hübner tem um extenso portfólio e praticamente criou o segmento dos encoders rotativos HeavyDuty, caracterizados por alta confiabilidade e desempenho. Os fabricantes de guinchos e guindastes são alguns dos principais usuários destes sensores. Afinal de contas, nossos produtos têm atributos como resistência, precisão e durabilidade elevadas, que são um grande diferencial em aplicações tão exigentes.

Escolher sem sofrimento - Encoder rotativo HeavyDuty para guinchos e guindastes

Os encoders rotativos absolutos HeavyDuty HMG10 / PMG10 são revolucionários. O motivo: eles juntam, em um mesmo pacote, seus ótimos mancais laterais com o patenteado microgerador Energy Harvesting e uma digitalização magnética de alta precisão.
003_Baumer_HeavyDuty_HMG10_PMG10.jpg


Os guindastes são verdadeiros elefantes entre as máquinas. Além de serem muito pesados, executam um trabalho extremamente árduo todos os dias, muitas vezes sob condições muito severas. Eles são utilizados em grandes obras, onde precisam resistir a grande volume de pó e detritos. Eles também trabalham nos portos, devendo resistir ao vento e à água salgada. Eles se sujeitam a todas as intempéries do clima, tanto no verão mais escaldante quanto no inverno mais rigoroso. Se não forem realmente fortes, não têm chance nenhuma de resistir. Isso não vale apenas para o guindaste em si, mas também para cada um de seus componentes. Dentre eles, encontram-se os sensores que monitoram a velocidade de rotação e o posicionamento angular dos impulsionadores e dos eixos das máquinas. Esses sensores são os encoders rotativos, que estão presentes em diversos guindastes e em vários guinchos de grande porte.

"HeavyDuty" significa "capaz de aguentar cargas elevadas". No caso dos encoders rotativos, isso não se limita apenas a um invólucro espesso e proteção contra ferrugem. É, na verdade, uma garantia abrangente de desempenho. Ou seja, uma promessa de que eles desempenham suas tarefas a contento por longos períodos, sem nunca deixar o usuário na mão. Para cumprir essa promessa e serem considerados "HeavyDuty", os encoders rotativos devem atender a uma série de exigências.

Qual é o diferencial dos encoders rotativos HeavyDuty?

Em guindastes e guinchos de grande porte, é o fato deles serem capazes de resistir, por anos a fio e sem perda de funcionalidade, a grandes impactos, vibrações e forças no eixo giratório. Ou seja, um de seus aspectos essenciais é a resistência mecânica. Não negamos que um invólucro resistente e de paredes espessas auxilia bastante. No entanto, isso está longe de ser o bastante. Eles também precisam de grandes mancais nas duas extremidades do invólucro, instalados à maior distância possível um do outro, para compensar as forças radiais e axiais. Além disso, toda a parte interna precisa ter uma estrutura que lhe confere resistência a impactos e vibrações. Os encoders rotativos HeavyDuty também precisam ter resistência total contra campos magnéticos, que costumam ser gerados por cabos elétricos sem revestimento. Para evitar danos, interferências e erros nos sinais de medição, os componentes eletrônicos do encoder rotativo devem ter isolamento apropriado. Essa proteção contra a eletricidade também é necessária para o eixo resistir contra correntes elétricas, pois elas podem queimar o revestimento do mancal, que pode se tornar inutilizável.

Outro aspecto importante é a vedação. Como os encoders rotativos HeavyDuty costumam ser empregados em ambientes com muita poeira, sujeira e umidade, é necessário vedar os seus pontos considerados nevrálgicos: o eixo e o conector elétrico. Isso inclui proteção anticorrosiva de boa qualidade, para proteger contra a água do mar e diversas substâncias químicas. Além do mais, a precisão dos encoders rotativos HeavyDuty precisa ser tão boa quanto a dos sensores industriais de menor porte. Caso contrário, as válvulas e geradores não poderão ser operados com acuidade. É essencial garantir a segurança do fornecimento de dados, pois até mesmo os menores erros de medição podem ter consequências graves e até mesmo fatais – é o caso da movimentação de cargas de várias toneladas.

Modelos absolutos, incrementais e de instalação flexível

Ao escolher seu encoder, deve-se decidir algo fundamental para a aplicação: o modelo empregado deve ser incremental ou absoluto? A Baumer Hübner tem um extenso repertório para os dois casos. Um exemplo são os encoders rotativos incrementais HOG 10 / POG 10, que têm sido utilizados continuamente há anos em guindastes e são padrão de referência entre os encoders rotativos HeavyDuty. Outro exemplo são os encoders rotativos absolutos HMG 10 / PMG 10, cujo uso entre os guinchos tem crescido cada vez mais porque são capazes, por exemplo, de informar o posicionamento exato por meio de uma rede Profinet. Os encoders rotativos absolutos também precisam de sinais incrementais para a regulagem da velocidade de giro. Por conta disso, eles utilizam as interfaces digitais seriais – como as do tipo SSI e fieldbus – para enviar sinais posicionais incrementais do tipo HTL ou TTL além dos sinais posicionais absolutos. Em algumas implementações, também disponibilizamos uma chave que indica os limites de velocidade rotacional por meio de uma saída de comutação.

Também temos diversas opções para a montagem. Esta pode se dar tanto com eixos ocos (de tipo duto transversal ou de abertura unilateral) quanto com eixos cônicos ou eixos maciços, com a fixação sendo feita por meio do flange euro B10. Quando necessário, os encoders rotativos, chaves de velocidade e tacogeradores HeavyDuty também podem ser combinados entre si para formar uma unidade resistente e compacta que recebe diferentes sinais de saída ao mesmo tempo, através de um mesmo eixo operacional. Os encoders dimensionais, como os da série HOG 16 / 22 / 28 da Baumer, são empregados quando a velocidade de rotação dos acionadores precisa ser monitorada com grande eficiência e sob as condições mais difíceis – por exemplo: em meio às elevadíssimas temperaturas de uma siderúrgica, ou quando há contato com a água do mar ou quando o ar ao redor contém muito pó de carvão.

Se você precisa movimentar e posicionar cargas de várias toneladas com rapidez, eficiência energética e precisão milimétrica, utilize nossos encoders rotativos HeavyDuty. Com eles, você obtém o controle necessário sobre seus guinchos e guindastes para a tarefa ser concluída. Nossos encoders rotativos HeavyDuty são capazes de funcionar por anos a fio sob as condições mais difíceis – e sem perda de precisão.

Para obter mais informações a respeito, consulte os especialistas HeavyDuty da Baumer. Eles ajudam com o maior prazer.


Escolher sem sofrimento - Encoder rotativo HeavyDuty para guinchos e guindastes

Os modelos rotativos incrementais da série HOG10 são referência entre os encoders rotativos HeavyDuty. Devido à estrutura robusta, aos seus mancais laterais e à detecção de elevadíssimo nível proporcionada, eles são extremamente confiáveis até mesmo nos ambientes mais difíceis.
003_Baumer_HeavyDuty_HOG10.jpg

 

Escolher sem sofrimento - Encoder rotativo HeavyDuty para guinchos e guindastes

Nos guindastes, os encoders rotativos têm que resistir, por anos a fio, a impactos, vibrações e forças de grande intensidade no eixo rotatório. E tudo isso sem diminuição de funcionalidade. O portfólio de encoders rotativos HeavyDuty da Baumer Hübner é bastante extenso. Eles têm eficácia comprovada, com vários exemplares operando há décadas nos ambientes mais difíceis.
003_Baumer_HeavyDuty_Krananlage.jpg

 

  Peça mais informações…

LinkedIn
Pinterest

Junte-se aos mais de 15 mil seguidores do IMP