Transdutores de precisão confiáveis para altas tensões e corrente em aplicações ferroviárias

2018-10-11

Ilustração: Os sensores de corrente e tensão compatíveis com a norma EN-50463 permitem um faturamento preciso e transparente

Devido à liberalização do mercado de material circulante, cada vez mais empresas utilizam a infraestrutura ferroviária existente. Os trens são, portanto, equipados com sistemas de medição de energia para rastrear o consumo de eletricidade de diferentes operadores e permitir o faturamento transparente. No entanto, sem transdutores confiáveis e altamente precisos, os dados de consumo de energia só podem ser de uso limitado. Desenvolvidos especialmente para medições precisas em material circulante, os sensores de corrente e tensão compatíveis com a norma EN-50463 da série ProLine P 50000 da Knick fornecem a base para uma contabilidade precisa do consumo de energia. Os dispositivos são usados em equipamentos de proteção e monitoramento, inversores de tração e conversores auxiliares. Além da medição de corrente e tensão, eles também são usados para detectar curtos-circuitos. O isolamento de 3 portas que é característico dos transdutores Knick exclui completamente os erros de medição que poderiam ocorrer devido a uma conexão galvânica do sinal de saída e da fonte de alimentação auxiliar. Além disso, os dispositivos monitoram-se continuamente, indicando seu status através de uma saída de diagnóstico. Todas as unidades P 50000 podem ser integradas em ambientes de sistema existentes sem esforço adicional, uma vez que transmitem valores medidos como sinais analógicos flutuantes 0/4...20 mA ou 0...10 V padrão.

A máxima flexibilidade e a segurança são garantidas pela fonte de alimentação integrada para todas as tensões típicas do setor ferroviário e por uma proteção abrangente contra contato, que inclui os terminais de entrada. Esta linha de transdutores ProLine inclui modelos com características especiais, como o transdutor de corrente P51000, que fornece detecção à prova de sobrecarga de correntes na faixa de kA através de um resistor de derivação. Com este dispositivo, nem mesmo fortes campos eletromagnéticos influenciam o resultado da medição. Para a detecção precisa de voltagens nominais comumente usadas em aplicações ferroviárias (750, 1500, 3000 V DC), a série ProLine P 50000 também oferece o muito compacto transdutor P 52000, que é notável para o encapsulamento seguro de contatos e conexões de alta voltagem. Isso garante que não haverá interferência mútua perigosa em torno de outros componentes. Este transdutor pode, portanto, ser instalado sem a observância de distâncias específicas de segurança.

Os dispositivos da linha ProLine P 50000 atendem a todos os requisitos normativos para uso em material circulante e em subestações de força de tração de acordo com as normas EN 50155, EN 50124 e EN 50123-1. Eles apresentam EMC de acordo com as normas EN 50121-1 e EN 501-3-2 e proteção contra incêndio até o nível de perigo HL3 de acordo com a norma EN 45545-2 (2016). Os dispositivos resistem a vibrações e choques de acordo com a norma EN 61373. Em temperatura eles são classificados como TX (-40°C...85°C) de acordo com a EN 50155/EN 50121-1, e em altitude são classificados como AX de acordo com a EN 50155. Eles fornecem separação de proteção através de isolamento reforçado até grau de poluição 3 e sobretensão de categoria 3. Eles possuem tampas de proteção que atendem à EN 50153. Os transdutores P 50000 alcançam um MTBF (tempo médio entre falhas) de 155 anos. A Knick fornece uma garantia de cinco anos nos dispositivos.