Manutenção Preditiva: Cuidados inteligentes com a saúde dos redutores industriais

2018-07-18
Os redutores industriais são pesos pesados da tecnologia de acionamentos que lidam com grandes torques. Devido às grandes forças envolvidas, pequenos defeitos que não são detectados a tempo podem resultar rapidamente em grandes avarias. Isso não seria apenas oneroso, mas também desastroso: os principais componentes da planta permaneceriam parados até que uma substituição fosse providenciada e realizada. Devido á isso, a NORD DRIVESYSTEMS utiliza o monitoramento de condições e a manutenção preditiva para alcançar a máxima disponibilidade da planta e o melhor custo/eficiência.

Getriebebau Nord_Industrial_Gear.jpg: Com seu design Unicase, os redutores industriais da NORD DRIVESYSTEMS são silenciosos e têm uma longa vida útil.

Embora o monitoramento de condições permita apenas detectar o estado de desgaste, a manutenção preditiva pode possibilitar que uma data de manutenção seja planejada com antecedência. Isso significa maior disponibilidade da planta, redução de custos, vida útil mais longa dos acionamentos e, acima de tudo, sem paradas não planejadas - um conceito ideal, especialmente para redutores industriais, pois esses pesos pesados tecnológicos são frequentemente usados em plantas altamente complexas, nas quais as paradas podem ter consequências particularmente graves.

Análise de dados em vez de apenas leitura de dados

Isso requer inversores de frequência inteligentes com CLPs integrados, que podem tomar decisões autônomas e avaliar os dados de status do motor e do redutor a partir dos sensores físicos e virtuais. Com a ajuda de sensores virtuais baseado em algoritmos matemáticos, do CLP que é integrado ao inversor de frequência NORD e da combinação com as características físicas conhecidas do óleo do redutor, o tempo de vida do óleo pode ser determinado com suficiente precisão por cálculos no acionamento que é definido a partir de dados elétricos medidos. Isso permite uma avaliação do grau de uso do óleo do redutor e a data prevista para a troca de óleo.

Frequências de vibração fornecem clareza

Para redutores industriais, sensores de temperatura e sensores de vibração são econômicos e recomendados. Especialmente os sensores de vibração oferecem uma série de vantagens. Existem bancos de dados detalhados dos fabricantes para todos os rolamentos que são instalados nos redutores industriais. Esses bancos de dados contêm as frequências de vibração características para todos os componentes de cada tipo de rolamento. As frequências individuais podem, portanto, ser claramente identificadas e atribuídas a componentes específicos. O espectro de frequências pode ser analisado com base em sinal no tempo ou em uma análise FFT (Fast Fourier-Transform - Transformada Rápida de Fourier). Isso não apenas permite que o tempo de manutenção ideal ou necessário seja calculado, mas também indica a localização da falha e quais peças de reposição são necessárias.

Conexão em nuvem para serviço em rede

O acionamento autônomo comunica seus dados de status para uma nuvem segura. Lá, esses dados estão disponíveis para avaliação com ferramentas de filtro e análise, para que o monitoramento das unidades de acionamento possa ser realizado de qualquer lugar do mundo. Os dados são apresentados de forma transparente em uma interface Web baseada em navegador e a planta pode ser vista de relance em uma clara ilustração 3D.


Getriebebau Nord_Continuous_Monitoring.jpg: O monitoramento contínuo no nível de campo e a vinculação de dados de comunicação, sensor e processo permitem o monitoramento completo do estado dos sistemas de acionamento da NORD.


Getriebebau Nord_Frequenzy_Inverters.jpg: Como padrão, os inversores de frequência NORD são equipados com um poderoso CLP integrado. Desta forma é possivel coletar e avaliar todos os dados de status disponíveis. Esse é um pré-requisito para aplicações da Indústria 4.0, como monitoramento de condições e manutenção preditiva.